O seu mundo de terapias e remédios naturais

Número total de visualizações de página

Digite em baixo e encontre a solucao para o seu problema

Pesquisa personalizada

Gostam do Blog? Sigam-nos no Google +

Gostam do Blog? Agradecemos o vosso Like

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Hipertensao - Remedios e Tratamentos Naturais

Partilhar



Quase um terço das pessoas não sabem que têm pressão arterial elevada, porque esta é considerada uma doença silenciosa. As pessoas podem ter a pressão arterial elevada durante vários anos sem apresentar sintomas ou saber que a têm.
O número superior da pressão arterial é a pressão sistólica e a inferior é chamada de pressão diastólica. Segundo o National Heart, Lung and Blood Institute aqui vão as orientações:


A Pressão arterial normal está abaixo de 120/80 mmHg.

A Pré-hipertensão ocorre quando a pressão sistólica está entre 120 e 139 e a pressão diastólica entre 80 e 89.

Hipertensão estágio 1 é considerada quando a pressão sistólica está entre 140-159 e a pressão diastólica entre 90 e 99.

Estágio 2 da hipertensão arterial é quando a pressão sistólica é superior a 160 e a pressão diastólica é igual ou superior a 100.


A hipertensão arterial não costuma causar sintomas nas fases iniciais. Os sintomas associados à hipertensão arterial podem incluir:
Tonturas ou vertigens
Dores de cabeça
Apitos no ouvidos



Causas da hipertensão



Na maioria dos casos de hipertensão arterial, a Associação Americana do Coração afirma que não há uma causa identificável. A hipertensão geralmente é uma combinação de vários factores, tais como:
Peso: Quanto maior a massa do seu corpo, maior a pressão existente nas paredes das artérias. Isso porque mais sangue é produzido para o fornecimento de oxigênio e nutrientes aos tecidos do corpo.
Nível de actividade: A falta de actividade física tende a aumentar a freqúência cardíaca, o que obriga o coração a trabalhar mais a cada contracção.
Tabaco: Os Produtos químicos existentes no tabaco podem danificar as paredes das artérias. Ingestão de sódio: Excesso de sódio na dieta pode resultar em retenção de fluidos e pressão arterial elevada, especialmente em pessoas sensíveis ao sódio.
Stress: O stress pode elevar a pressão arterial.
O consumo de álcool: Consumo excessivo de álcool pode, a longo prazo, aumentar o risco de doença cardíaca.
Idade: O risco de Hipertensão aumenta à medida que se envelhece.
Antecedentes familiares: Se numa familia a maior parte das pessoas sofre de Hipertensão a probabilidade de outro membro da familia vir a sofrer também é extremamente alta.



A pressão arterial elevada também pode ser causada por uma doença subjacente, como doenças renais, distúrbios hormonais, doenças da tiróide, doenças da glândula supra-renal, e o uso de certas drogas ou medicamentos, como contraceptivos orais, ou ervas como alcaçuz. Este tipo de pressão arterial elevada é chamada de hipertensão secundária.





Remédios naturais para a Hipertensão


Mudanças nos hábitos de vida e remédios naturais podem ajudar a controlar a pressão arterial elevada, mas também deverá consultar o seu médico para lhe recomendar a medicação indicada para reduzir a pressão arterial elevada. É importante trabalhar com o seu médico, porque a pressão arterial alta não tratada pode danificar os órgãos do corpo e aumentar o risco de ataque cardíaco, derrame cerebral, hemorragia cerebral, doença renal, e perda da visão. Veja um desenho de uma cardiopatia hipertensiva.




Coenzima Q10 (CoQ10): Há alguma evidência de que o suplemento de CoQ10 possa ajudar a reduzir a pressão arterial elevada. Foi efectuado um teste de 12 semanas com 83 pessoas com hipertensão sistólica que pretendeu examinar o efeito de suplementos com CoQ10 (60 mg duas vezes ao dia). Após as 12 semanas, houve uma redução média na pressão arterial sistólica de 17,8 mm Hg no grupo tratado com Coq10. Outro estudo realizado na Universidade da Austrália Ocidental analisou o efeito de CoQ10 sobre a pressão arterial e controle glicêmico em 74 pessoas com diabetes tipo 2. Os participantes foram aleatoriamente designados para receber CoQ10 100mg duas vezes ao dia, durante 12 semanas. CoQ10 reduziu significativamente a pressão sanguínea sistólica e diastólica (redução média 6,1 mm Hg e 2,9 mm Hg, respectivamente). Houve também uma redução da HbA1c, um marcador de longo prazo do controle glicêmico.



Alho: Numa meta-análise de sete ensaios clínicos randomizados de suplementos de alho, três estudos mostraram uma redução significativa na pressão arterial sistólica e quatro na pressão arterial diastólica. Os pesquisadores concluíram que o suplemento de alho em pó pode ser de uso clínico em pacientes com hipertensão ligeira. Normalmente é recomendado que as pessoas parem de tomar alho na semana antes e depois de qualquer tipo de cirurgia.



Óleo de peixe: Estudos preliminares sugerem que o óleo de peixe podem ter um efeito modesto sobre a pressão arterial elevada.


Ácido fólico: O folato é uma vitamina B necessária para a formação de células vermelhas no sangue. Ela pode ajudar a baixar a pressão arterial elevada em algumas pessoas, possivelmente reduzindo a níveis elevados de homocisteína.
Um pequeno estudo em 24 fumadores verificou que quatro semanas de suplementação com ácido fólico reduziu significativamente a pressão sanguínea.

Partilhar

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Quistos - Tratamento Natural

Partilhar


Quistos são crescimentos anormais que podem ocorrer em qualquer parte do corpo. Estes crescimentos anormais são geralmente caracterizado por um saco fechado cheio de fluidos.


O crescimento do quisto ocorre nas camadas mais profundas da pele. Mais especificamente, os quistos dermóides podem aparecer em qualquer parte do corpo, mas ocorrem mais frequentemente na face. Estes são constituídos por células mortas da pele, folículos pilosos, e uma acumulação de sebo. Os quistos podem variar de tamanho que vai de 0,5 a 6 cm. Embora uma grande quantidade de quistos de pequena dimensão não necessitem de tratamento, se o quisto fôr relativamente grande, pode necessitar de cuidados médicos, incluindo cirurgia como um último recurso. Os remédios que se seguem são bastante eficazes no tratamento e cura de quistos.


Tratamento Natural



Batata - Aplique uma batata cortada em cima do quisto e prenda a batata com uma ligadura. Isto deverá ser feito à noite - pela manhã, a humidade na batata terá puxado a cabeça do quisto e assim facilitará a sua eliminação.


Vitamina A - é essencial para a nova pele e cicatrização de feridas.


Alho - é usado para aumentar a imunidade a infecções bacterianas.
Partilhar

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Artrite - Tratamento natural

Partilhar

Cerca de um em cada seis pessoas sofre de algum tipo de artrite. Esta é caracterizada pela inflamação das articulações, rigidez, inchaço e dor. Osteoartrite, a forma mais comum, aparece em pessoas com mais de 40 anos, especialmente em mulheres, e geralmente poderá agravar-se se não fôr correctamente tratada. A artrite reumatóide afecta pessoas mais jovens, incluindo crianças. Este processo recua em cerca de 70 por cento dos seus doentes à medida que envelhecem. As seguintes informações são baseadas em materiais fornecidos por diversos pesquisadores, e não com a pretensão de dar conselhos médicos. Certifique-se de consultar o seu médico antes de iniciar qualquer programa terapêutico.






Alimentos importantes




Salmão e outros peixes, como sardinha, linguado, fornecem boas quantidades de omega-3. Os médicos aconselham a comer duas ou três refeições de peixe gordo por semana. E adivinhem o que contém grande quantidade de óleo de peixe? O óleo de fígado de bacalhau, que também é rico em vitamina D (combate a inflamação) e e rico em vitamina A. Uma colher de chá de óleo de fígado de bacalhau certamente o irá ajudar a melhorar. Se não conseguir ingerir uma colherzinha deste óleo poderá comprar um suplemento de óleo de figado de Bacalhau vendido em cápsulas.




Vegetais frescos verdes e amarelos proporcionam beta-caroteno, vitamina C e outros antioxidantes que ajudam a reduzir os danos celulares. Coma pelo menos duas porções diárias.




Toranja e outras frutas cítricas frescas são ricas em flavonóides, substâncias que são importantes para aumentar o efeito antioxidante da vitamina C, podendo até ter ter um efeito anti-inflamatório. Coma diariamente.




Ervilhas e outras leguminosas são ricas em zinco, um mineral essencial para a função apropriada do sistema imunológico. Outras boas fontes de zinco incluem ostras, gérmen de trigo e produtos derivados do trigo e leite. Comer pelo menos um alimento rico em zinco de alto todos os dias.




Cuidados a ter




Perder peso: Uns Kilos a mais podem causar inflamação e dor nos ossos e articulações. Pesquisas mostram que a redução para um peso normal pode aliviar a maioria dos sintomas da artrite.




Evitar óleo vegetal: Estudos sugerem que os óleos vegetais, que contêm omega-6 gordos, podem agravar os sintomas da artrite. Corte nos molhos para salada, margarinas, alimentos fritos, azeite, milho.




Tratamentos Naturais




Aquecimento das articulações: Para aliviar a dor e aumentar a circulação das suas articulações coloque um saco quente (o ideal é aquecer sal marinho) nas articulações afectadas ou tome um banho quente.




Arrefecimento das articulações: Para reduzir o inchaço das articulações coloquea-as imersas em água fria ou cubra-as com uma bolsa de gelo envolta numa toalha. Se teve um dia com excesso de trabalho coloque gelo sobre a articulação imediatamente para evitar o inchaço. Deixe-o por 15-20 minutos, retire-o por 10-15 minutos e repita. Continue por várias horas.






Tomar vitamina C: Algumas pesquisas atribuem a artrite reumatóide à deficiência de vitamina C. Tome um total de 500 mg. de vitamina C divididas em pequenas doses ao longo do dia.


Exercício: o exercício aumenta a flexibilidade articular, fortalece os ossos e melhora a circulação sanguínea. A Arthritis Foundation recomenda exercício diário.


Massagem Terapêutica: Uma massagem de corpo inteiro feita por um profissional é um antídoto perfeito para a rigidez da artrite e dor.


Yoga: Eficaz no relaxamento muscular, melhora a circulação, e melhora também a eficiência do seu corpo no uso da medicação para a artrite.


Controle o stress: Pesquisadores descobriram que pessoas com artrite tendem a ser mais sensíveis ao stress. Lembre-se de ter tempo para si mesmo - fazer coisas que a façam feliz. Reserve um tempo para relaxar e ficar quieto. Tenha bons pensamentos.
Partilhar

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Rouquidao - Remedio Natural

Partilhar


A rouquidão é um termo geral que descreve as alterações de voz anormais devido à irritação das cordas vocais. A rouquidão também pode surgir quando há irritação das membranas mucosas que revestem o porção superior da traquéia ou da garganta.


As causas de rouquidão
As causas mais comuns da rouquidão são a laringite aguda, a irritação causada pelo uso excessivo da voz, como por exemplo gritar num evento desportivo. Os nódulos vocais são comuns em crianças e adultos que usam demasiado a voz no trabalho ou em lazer. Raramente, pólipos ou nódulos podem levar ao cancro.
Uma das causas mais comum de rouquidão, principalmente em adultos, é o refluxo gastro-esofágico. Nesta condição, o ácido do estômago sobe do estômago para o esôfago e garganta, irritando as cordas vocais.

Fumar também é uma das principais causas de rouquidão pois o fumo irrita as mucosas e as cordas vocais.
Agumas causas, mais incomuns, para a rouquidão incluem alergias, problemas de tiróide, distúrbios neurológicos, e ocasionalmente, o ciclo menstrual normal. Muitas pessoas experimentam ainda alguma rouquidão devido à idade avançada.



Tratamento de Rouquidão



A maioria da rouquidão pode não requer tratamento e, nesses casos, o repouso vocal é suficiente para melhorar a saúde das cordas vocais. A Rouquidão devido a uma gripe ou resfriado pode ser avaliado pelos médicos de família, pediatras... (que aprenderam a examinar a laringe). No entanto, quando a rouquidão durar mais do que algumas semanas, esta deve ser avaliada por um especialista da garganta. Problemas com a voz são melhor geridas por uma equipe de profissionais que conheçam e compreendam bem o processo da voz. O otorrinolaringologista pode fazer algumas recomendações sobre o comportamento do uso da voz, encaminhar o paciente para outras especialidades, e em casos extremos, até pode recomendar a cirurgia se existir alguma lesão grave. Uma das formas de prevenir estas situações inconvenientes passa por consultar um especialista de voz, e aprender a técnica de projectar e usar a sua voz sem provocar danos à sua saude vocal.


Prevenção da Rouquidão:


Dê descanso à sua voz tanto quanto possível. Evite gritar.
Controle a sua tosse.
Evite tomar bebidas alcoólicas.
Busque formação profissional para utilizar melhor a sua voz. Evite falar ou cantar quando a sua voz está rouca.
Beba muita água, pois as cordas vocais secas podem prolongar a irritação. Não fume.





Remédios naturais para o tratamento da rouquidão


Cebola e mel: Uma colher de chá de sumo de cebola, misturada com uma colher de chá de mel, é extremamente benéfico.


Erva doce: Gargarejo com uma infusão de erva-doce na proporção de uma colher de chá para um copo de água.


Mel e Limão: Misture mel e limão e faça um gargarejo. É muito reconfortante para a garganta.


Xarope de cebola: Outro excelente gargarejo é feito com xarope de cebola, mel e limão. Para fazer o xarope de cebola: cortar três cebolas grandes e coloque-as a ferver em quatro ou cinco copos de água até ficar com aspecto de xarope. Em seguida, colocar cinco ou seis colheres de sopa do xarope num copo de água morna, junto com uma colher de mel e uma pitada de limão. Depois engula lentamente.


Chá Limão Verbena: Uma xícara de chá quente de limão verbena proporciona alívio imediato e acalma a garganta. Beba 2 -3 xícaras de chá de verbena diariamente. Este é um chá extremamente eficaz para a rouquidão.
Partilhar

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Comichao ou irritação - Eliminar

Partilhar
Comichão ou Irritação da pele pode acontecer em todo o corpo ou apenas numa determinada área. Essa comichão pode ser devido a vários factores, entre os quais:


- Pele Seca;

- Inflamações da pele devido a alergias, queimaduras solares..;

- Eczemas;

- Gravidez;

- Infecções parasitárias;

- Picadas de insectos;

- Produtos químicos fortes com detergentes, solventes...


Tratamentos Naturais


Mel e canela: Misture quantidades iguais de mel e canela até fazer obter uma pasta fina. Aplique esta pasta na zona afectada. Esta pasta é excelente para eliminar a comichão.


Vinagre: Deite uma colher de vinagre branco na água de banho e verá a sua comichão a passar.


Bicabornato de Sódio: Misturar bicabornato de sódio com água e aplicar na zona afectada.

´

Aplicar Óleo de Figado de Bacalhau ou Aloe Vera na zona afectada também é extremamente eficaz.

Partilhar